• facebook-footer
  • twitter-footer
  • googleplus-footer
Terça-feira, 11 de Dezembro de 2018
ISSN 1980-4288
Conteúdo exclusivo para usuário cadastrados
Fonte: TJRN

Empresa aérea e banco condenados a indenizar cliente após cobranças de compras não autorizadas

A autora receberá R$ 14.497,55 (quatorze mil quatrocentos e noventa e sete reais e cinquenta e cinco centavos) a título de indenização pelos danos materiais e R$ 5.000,0 (cinco mil reais) a título de compensação pelos danos morais.

Processo nº: 0126827-70.2013.8.20.0001Ação: Procedimento OrdinárioAutor(s): R.M.O.M.Réu(s): Banco do Brasil S/A e TAM - LINHAS AÉREAS S/ASENTENÇAI - RELATÓRIOR.M.O.M., devidamente qualificada, ajuizou a presente Ação de Indenização por Danos Materiais e Morais em desfavor de TAM LINHAS AÉREAS S/A e BANCO DO BRASIL S/A, também já qualificada no bojo destes autos, nos termos delineados na peça exordial (fl. 02/13).Afirma a promovente que no dia 31/08/2011 que efetuou compra de passagem aérea na ...

Palavras-chave: Indenização Danos Morais Danos Materiais Cobrança Indevida Cartão de Crédito CDC