Justiça nega novamente pedido de progressão de regime a Suzane

A Promotoria já havia se posicionado contra a concessão do benefício de progressão de regime a Suzane, por considerá-la "dissimulada"

Fonte: Folha Online

Comentários: (0)




A juíza Sueli Zeraik de Oliveira Armani, da 1ª Vara das Execuções Criminais de Taubaté (140 km de São Paulo), negou novamente nesta quarta-feira o pedido de progressão de regime prisional de Suzane Louise Von Richthofen.


Segundo a magistrada, trata-se de pedido já analisado e em recurso, não podendo ser mais analisado em primeira instância de julgamento.


Em sua decisão, ao indeferir o pedido, a juíza diz que "deverá a interessada aguardar o julgamento de seu recurso, como de rigor e necessário".


Progressão


A Promotoria já havia se posicionado contra a concessão do benefício de progressão de regime a Suzane, por considerá-la "dissimulada".


Em fevereiro, o Supremo Tribunal Federal decidiu não analisar o pedido, que foi julgado e negado em junho pelo TJ de São Paulo.


Em dezembro do ano passado, o Superior Tribunal de Justiça também negou pedido de liminar em habeas corpus da ex-estudante de direito, que novamente pedia a progressão para o regime semiaberto.

 

Leia mais

 

Suzane Richthofen é 'indigna' de receber herança, decide Justiça

Palavras-chave: Suzane Louise Von Richthofen; Homicídio; Pais; Promotoria; Progressão de Regime

Deixe o seu comentário. Participe!

noticias/justica-nega-novamente-pedido-de-progressao-de-regime-a-suzane

0 Comentários

Conheça os produtos da Jurid