• facebook-footer
  • twitter-footer
  • googleplus-footer
Sexta-feira, 20 de Outubro de 2017
ISSN 1980-4288

Companhia Paulista de Trens Metropolitanos indenizará pai de jovem atropelada em linha de trem

O valor da indenização por danos morais foi fixado em R$ 144 mil.

Fonte: TJSP

Comentários: (0)


Reprodução: pixabay.com

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) foi condenada a pagar R$ 144 mil de indenização por danos morais ao pai de uma adolescente, morta após ser atropelada por composição. A decisão é da 7ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo.


O autor da ação alegava que o local em que sua filha foi atropelada pelo trem era comumente utilizado pelos pedestres como local de passagem, pois não havia cercas, passarela ou grades de segurança.


Para o relator do recurso, desembargador Rômulo Russo, as provas juntadas ao processo permitem constatar que a ré não adotou medidas de segurança hábeis a impedir o ingresso de transeuntes pela via férrea, tais como sinalização, construção de muros, passarelas ou passagens de níveis. “É inexorável, pois, o dever legal de reparação”. O magistrado também explicou que, para arbitrar o valor da indenização, “é preciso levar em consideração que se trata da morte de uma jovem adolescente, por homicídio culposo, aos 16 anos, no esplendor de suas forças vitais”, devendo ser fixada quantia que revele-se adequada “para compensar a gravíssima lesão moral infringida ao genitor da vítima, não proporcionando enriquecimento indevido e exagerado ao autor”.


Os magistrados Luiz Antonio Costa e Miguel Brandi também integraram a turma julgadora e acompanharam o voto do relator.


Apelação nº 0061464-80.2004.8.26.0100

Palavras-chave: Indenização Danos Morais Atropelamento Morte Trem CPTM

URL Encurtada

Deixe o seu comentário. Participe!

noticias/companhia-paulista-de-trens-metropolitanos-indenizara-pai-de-jovem-atropelada-em-linha-de-trem

0 Comentários