• facebook-footer
  • twitter-footer
  • googleplus-footer
Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017
ISSN 1980-4288

Caixa Econômica Federal antecipa para este sábado a 4ª fase de saque de contas inativas do FGTS

Podem sacar recursos os trabalhadores com contas inativas e que nasceram nos meses de setembro, outubro e novembro.

Fonte: G1

Comentários: (0)


Reprodução: fotospublicas.com

A Caixa Econômica Federal (CEF) anunciou a antecipação, para este sábado (10), da quarta etapa de saques de recursos de contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).


Nesta quarta fase, têm direito a sacar os recursos de contas inativas os trabalhadores nascidos nos meses de setembro, outubro e novembro.


Para quem optou pelo crédito em conta, a liberação dos recursos também será antecipada.


Prevista inicialmente para começar em 16 de junho, a quarta fase foi antecipada em função do feriado da próxima semana, informou nesta terça-feira (6) o presidente da Caixa, Gilberto Occhi.


- Para atender aos trabalhadores que querem fazer o saque das contas inativas, 2.015 agências da Caixa abrirão neste sábado (10) entre 9h e 15h;


- Também haverá atendimento exclusivo em horário especial nos dias 12, 13 e 14 de junho, quando todas as agências do banco abrirão duas horas mais cedo;


- Segundo a Caixa, 7,5 milhões de trabalhadores têm direito a casar recursos de contas inativas nesta quarta fase;


- O valor disponível para saque nesta quarta fase é de cerca de R$ 10,9 bilhões, o que equivale a 25% do total a ser liberado pelo programa;


A Caixa informou que está mantido para 14 de julho o início da 5ª fase dos saques de contas inativas, que vai atender aos trabalhadores nascidos em dezembro. O prazo final para o saque de recursos, para trabalhadores nacidos em qualquer mês, é 31 de julho.


Quem tem direito ao saque?


Tem direito a sacar o dinheiro do FGTS quem tem saldo em uma conta inativa até 31 de dezembro de 2015. Uma conta fica inativa quando deixa de receber depósitos da empresa devido à extinção ou rescisão do contrato de trabalho.


O trabalhador deve estar afastado do emprego a que a conta inativa está vinculada pelo menos desde o fim de 2015.


O trabalhador não pode sacar o FGTS de uma conta ativa, ou seja, que ainda receba depósitos pelo empregador atual.


Documentação necessária


- Agências Caixa: número de inscrição do PIS/PASEP, documento de identificação do trabalhador e comprovante finalização do contrato de trabalho (CTPS ou termo de rescisão do contrato de trabalho).


- Correspondentes Caixa Aqui e Lotéricas: valores até R$ 3.000 podem ser retirados apresentando documento de identificação do trabalhador, Cartão do Cidadão e senha.


- Autoatendimento: para valores até R$ 1.500, com a senha do Cartão Cidadão e valores até R$ 3.000 com Cartão do Cidadão e senha.


Segundo Occhi, o valor total dos saques das contas inativas deve superar a expectativa inicial de R$ 35 bilhões e chegar a R$ 40 bilhões.


De acordo com o presidente da Caixa, o valor aumentou porque muitas contas contas que não eram registradas como inativas passaram a ser nos últimos meses depois que trabalhadores procuraram o banco e apresentaram termo de rescisão do contrato de trabalho.


Com a comprovação da rescisão, o trabalhador consegue fazer o saque.


Do dia 10 de março, quando os saques foram liberados na primeira fase, até 2 de junho, a Caixa registrou o saque de mais de R$ 27 bilhões de contas inativas. Foram beneficiados 16,3 milhões de pessoas.


Segundo o banco, o valor equivale a 95,2% do previsto inicialmente para o pagamento no período.


A última etapa de saques, para nascidos em dezembro, está prevista para começar no dia 14 de julho. O prazo final para saque de recursos das contas inativas, para nascidos em qualquer mês, é 31 de julho.

Palavras-chave: Saque Contas Inativas FGTS CEF Antecipação Quarta Fase

URL Encurtada

Deixe o seu comentário. Participe!

noticias/caixa-economica-federal-antecipa-para-este-sabado-a-4a-fase-de-saque-de-contas-inativas-do-fgts

0 Comentários