Conteúdo exclusivo para usuário cadastrados
Fonte: Sentença Penal

Diretor da Instituição Bethesda condenado por desvio de dinheiro

Aos réus é imputada a prática do crime de apropriação indébita, em razão de sua profissão e emprego, ao réu Hans por uma vez e ao réu Walter por quatro vezes, em continuidade delitiva (art.168, §1º, III do CP).

Autos n° 038.08.005695-1 Ação: Ação Penal - Ordinário/Comum Autor: Justiça Pública Réus: Hans Gustavo Siegfried Burger e Walter Burger VISTOS ETC. Hans Gustavo Siegfried Burger e Walter Burger, já qualificados nos autos, foram denunciados como incursos nas sanções do art.168, §1º, III, do CP, o segundo em continuidade delitiva por quatro vezes, pela prática dos seguintes fatos delituosos: "A Instituição Bethesda foi fundada em 16 de dezembro de 1934 pelas comunidades da Paróquia Dona Francisca ...

Palavras-chave: