Conteúdo exclusivo para usuário cadastrados
Fonte: TJDFT

Plano de saúde terá que indenizar casal por negar cobertura de parto emergencial

O plano de saúde foi condenado a pagar R$ 15 mil, a título de danos morais, a cada uma das partes, num total de R$ 30 mil, devidamente corrigidos.

Número do processo: 0734829-30.2019.8.07.0001Classe judicial: PROCEDIMENTO COMUM CÍVEL (7)AUTOR: H. L. K., L. F. D. O.RÉU: AMIL ASSISTENCIA MEDICA INTERNACIONAL S.A.SENTENÇACuida-se de ação de conhecimento, que se desenvolveu entre as partes epigrafadas, por meio da qual se postula provimento jurisdicional condenatório.Ao que se extrai da leitura da inicial, a primeira requerente, H. L. K., é beneficiária do plano de saúde operado pela requerida. Ao que afirma, encontrava-se gestante e precisou ...

Palavras-chave: Plano de Saúde Indenização Danos Morais Negativa Cobertura Parto Emergencial CPC/2015 CC