• facebook-footer
  • twitter-footer
  • googleplus-footer
Segunda-feira, 18 de Junho de 2018
ISSN 1980-4288
Conteúdo exclusivo para usuário cadastrados
Fonte: TJMT

Ex-prefeito é condenado por improbidade

Ação civil pública por ato de improbidade administrativa

O MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL ajuizou ação civil pública por ato de improbidade administrativa em face de Z.W.C.F., aduzindo, em síntese, conduta omissiva do requerido que, na condição de prefeito do município de Barra do Garças, deixou de enviar à Câmara Municipal os balancetes mensais do município, devidamente acompanhados de notas de empenho, ordens de pagamento, folhas de pagamento, documentos de licitação, contratos e convênios, guias de receita, boletins diários da tesouraria, notas ...

Palavras-chave: Conduta Omissiva; Improbidade Administrativa; Serviço Público