Conteúdo exclusivo para usuário cadastrados
Fonte: TJDFT

Empresa aérea é condenada a indenizar passageiro não reacomodado em outro voo após cancelamento

Além de pagar R$ 3 mil a título de indenização por danos morais, a empresa ainda deverá pagar ao autor a quantia de R$ 1.882,05 (mil, oitocentos e oitenta e dois reais e cinco centavos) pelos danos materiais suportados.

Número do processo: 0752542-70.2019.8.07.0016Classe judicial: PROCEDIMENTO DO JUIZADO ESPECIAL CÍVEL (436)AUTOR: O. F. N. V.RÉU: AZUL LINHAS AEREAS BRASILEIRAS S.A.SENTENÇAVistos, etc.Versam os presentes autos sobre ação de indenização ajuizada por O. F. N. V. em desfavor de AZUL LINHAS AÉREAS BRASILEIRAS S.A., submetida ao rito da Lei nº 9.099/95.O autor requer: i) condenação da requerida a título de danos materiais, no valor de R$ 1.882,05; ii) indenização por danos morais, no valor de R$ ...

Palavras-chave: Indenização Danos Morais Realocação Cancelamento Voo Ressarcimento CPC/2015 CC