União cobra quase R$ 18 milhões de seis réus do mensalão

Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional é responsável pela cobrança

Fonte: G1

Comentários: (1)




A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional ingressou com ações na Justiça Federal para cobrar R$ 17,6 milhões relativos às multas estipuladas pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a seis condenados no processo do mensalão do PT. Os condenados que foram intimados, mas não pagaram os débitos dentro do prazo legal – entre eles o operador do esquema do mensalão, Marcos Valério –, tiveram seus nomes inscritos na Dívida Ativa da União.


Além de Valério, passaram a ser alvo de ações de cobrança judiciais os ex-deputados Bispo Rodrigues (do extinto PL, atual PR), Valdemar Costa Neto (PR-SP) e José Borba (PMDB-PR), além do ex-sócio do operador do mensalão Ramon Hollerbach e do ex-tesoureiro do extinto PL Jacinto Lamas.


A maior dívida cobrada pela Procuradoria é a de Marcos Valério. Condenado a 37 anos, 5 meses e 6 dias de prisão, o operadora do mensalão deve aos cofres públicos R$ 6.612.172,45, em valores corrigidos. Originalmente, a multa estipulada a Valério pelos ministros da Suprema Corte era de R$ 3 milhões.


Os valores cobrados judicialmente foram corrigidos com base na variação da inflação. Além disso, sobre o valor original do débito, foi acrescida multa de 20%, em razão de a dívida não ter sido paga dentro do prazo.


O segundo maior débito é o de Ramon Hollerbach. A ação proposta pela Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional cobra R$ 6.434.686,35 do ex-sócio de Valério, que foi condenado a 27 anos, 4 meses e 20 dias.

Palavras-chave: direito penal mensalão união

Deixe o seu comentário. Participe!

noticias/uniao-cobra-quase-r-18-milhoes-de-seis-reus-do-mensalao

1 Comentários

seu nome sua profiss?o01/08/2014 18:47 Responder

A União representado pelo governo federal é amiga dos mesmos. Resultado: Mais PIZZA

Conheça os produtos da Jurid