STJ reduz dano moral por erro médico que causou tetraplegia em bebê

Indenização caiu de R$ 1 milhão para R$ 300 mil por genitor.

Fonte: STJ

Comentários: (0)



Reprodução: pixabay.com

A 3ª turma do STJ reduziu o valor do dano moral a ser pago em decorrência de erro médico durante parto que causou tetraplegia em bebê.


Nas instâncias ordinárias, foi arbitrado o valor de R$ 1 milhão. A relatora, ministra Nancy Andrighi, analisando a situação concreta e padrão decisório de outros casos semelhantes da turma, concluiu que o valor foi exorbitante.


Assim, arbitrou a indenização em R$ 300 mil para cada genitor, além de todas as despesas de tratamento até a morte da criança, inclusive com acréscimo de despesa relativa a funeral.


A decisão da turma foi unânime.


Processo: REsp 1.749.965

Palavras-chave: Redução Valor Indenização Danos Morais Erro Médico Parto Tetraplegia Bebê

Deixe o seu comentário. Participe!

noticias/stj-reduz-dano-moral-por-erro-medico-que-causou-tetraplegia-em-bebe

0 Comentários

Conheça os produtos da Jurid