Oito crianças que sofriam abusos sexuais foram resgatadas durante operação da Polícia Federal

Oito crianças que sofriam abusos sexuais de parentes ou pessoas que tinham relação de poder sobre elas foram resgatadas pela Polícia Federal durante a Operação Tapete Persa, iniciada na última terça-feira.

Fonte: O Globo

Comentários: (0)




Oito crianças que sofriam abusos sexuais de parentes ou pessoas que tinham relação de poder sobre elas foram resgatadas pela Polícia Federal durante a Operação Tapete Persa, iniciada na última terça-feira. De acordo com informações da Polícia Federal, as vítimas têm entre 6 e 11 anos e foram vítimas de abusos sexuais. Algumas das crianças são de São Paulo. Os seis acusados da violência foram presos e podem pegar uma pena de até 33 anos, em caso de condenação.

Segundo informações da PF, as crianças receberão acompanhamento psicológico e médico. Elas foram entregues a instituições especializadas em tratamento de vítimas de abusos sexuais. O Estado será responsável por elas até que sejam consideradas recuperadas.

Vinte e uma pessoas foram presas durante a operação contra exploração e abuso sexual e a pedofilia na internet em nove estados e no Distrito Federal. Os policiais trabalharam para cumprir 81 mandados de busca e apreensão expedidos em Alagoas, Ceará, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e no Distrito Federal. Aproximadamente 400 policiais trabalharam em 54 cidades.

O estado de São Paulo concentrou o maior número de presos, com 13 detidos. Duas pessoas foram presas no Paraná, duas no Distrito Federal, uma no Rio de Janeiro, uma em Alagoas, uma em Goiás e uma no Espírito Santo.

Entre os presos está um coronel da Polícia Militar, mas a PF não divulgou o nome do policial. Foram apreendidos pela polícia fotos e vídeos com imagens chocantes de adultos em cena de abuso com crianças, algumas delas de poucos meses de idade.

Entre os presos estão adolescentes e também pessoas com mais de 60 anos, de diversas classes sociais.

- A gente tem visto um aumento das imagens violentas. Com o passar do tempo, pessoas estão sendo mais violentas contra as crianças. A gente viu uso de equipamentos sadomasoquistas. A impressão que a gente tem é que a humanidade está de degradando ainda mais - disse o delegado Stenio Santos Souza, o coordenador da operação.

A Interpol e a da Polícia Criminal de Baden-Württenberg, da Alemanha, também participaram da ação.

A rede de pedofilia tem atuação internacional, segundo a PF. As investigações começaram em junho de 2009 na Alemanha e levaram a sites que compartilham imagens e vídeos de violência sexual contra crianças e adolescentes com internautas de vários países.

O nome da operação alemã faz alusão a um dos vídeos compartilhados pelos pedófilos. Uma criança aparece sendo abusada sexualmente, com tapete persa ao fundo.

No Brasil, após conseguir autorização da 12ª Vara da Justiça Federal do Distrito Federal e manifestação do Ministério Público Federal, a Polícia Federal encaminhou os endereços dos suspeitos obtidos junto aos provedores de internet.

Palavras-chave: pedofilia

Deixe o seu comentário. Participe!

noticias/oito-criancas-que-sofriam-abusos-sexuais-foram-resgatadas-durante-operacao-da-policia-federal

0 Comentários

Conheça os produtos da Jurid