• facebook-footer
  • twitter-footer
  • googleplus-footer
Terça-feira, 17 de Julho de 2018
ISSN 1980-4288

'OAB não vai defender clientes dos advogados', diz Cláudio Lamachia sobre ex-presidente Lula

Lamachia afirmou que a entidade "tem o propósito de defender a Constituição e as prerrogativas dos advogados, não os interesses dos clientes representados pelos advogados".

Fonte: G1

Comentários: (2)


Reprodução: fotospublicas.com

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Claudio Lamachia, tem recebido, nas últimas semanas, pedidos de advogados que atuam com direito criminal para pressionar a ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), a marcar o julgamento que pode rever a decisão da corte sobre a prisão de réus condenados em segunda instância.


Lamachia afirmou que a entidade "tem o propósito de defender a Constituição e as prerrogativas dos advogados, não os interesses dos clientes representados pelos advogados".


Com o atual entendimento, existe a possibilidade de o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ser preso ainda neste mês, se o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) julgar o recurso do petista contra sua condenação e encerrar a análise do caso.


"A OAB não pode e não vai se movimentar por pressões ou atendendo a interesses partidários e ideológicos. Nossa missão é a defesa da constituição e não desta ou daquela pessoa", disse Lamachia.

Palavras-chave: OAB CF Prisão Segunda Instância Prerrogativas Habeas Corpus Preventivo Lula

URL Encurtada

Deixe o seu comentário. Participe!

noticias/oab-nao-vai-defender-clientes-dos-advogados-diz-claudio-lamachia-sobre-ex-presidente-lula

2 Comentários

Anselmo Acacio de Jesus advogado15/03/2018 9:32 Responder

A OAB perde o tempo de agir. Agora é tarde demais, a Constituição já foi pro brejo. O STF não age como uma Corte e sim como um amontoado de homens, onde as decisões monocráticas atendem aos interesses pessoais. A cada decisão fica claro que cada Ministro do STF age de acordo com seu entendimento pessoal. O Gilmar manda prender, soltar, investigar ou arquivar investigação de acordo com a partidarização do acusado. Barroso veta Decreto de Temer e anda legisla sobre o tema. É uma festa.

DANILO BONISSONI advogado15/03/2018 15:51 Responder

ATÉ QUE ENFIM, UMA POSIÇÃO CONDIZENTE COM A FUNÇÃO INSTITUCIOAL DA ENTIDADE. DEFESAS OU ACUSAÇÕES CRIMINAIS SÃO ATRIBUIÇÕES DO ADVOGADO E NÃO DA OAB.