MPF investiga denúncias de racismo contra nordestinos após 1º turno

Os comentários xenofóbicos publicados no Facebook, Twitter e no Tumblr  associavam os votos de Dilma no Nordeste aos programas sociais, à pobreza e à ignorância dos nordestinos

Fonte: O Tempo

Comentários: (0)




O Ministério Público Federal do Ceará (MPF-CE) instaurou procedimento administrativo para investigar oito denúncias feitas por cearenses contra mensagens ofensivas postadas por internautas após o resultado das eleições 2014, quando a candidata do PT, Dilma Rousseff teve uma expressiva votação nas regiões Norte e Nordeste. De acordo com o MPF-CE, qualquer pessoa pode registrar denúncias.


Os comentários xenofóbicos publicados no Facebook, Twitter e no Tumblr - ferramenta de blog e rede social - associavam os votos de Dilma no Nordeste aos programas sociais, à pobreza e à ignorância dos nordestinos. "Dilma só ganha voto por povo burro do Nordeste", diz um dos posts questionados. Para o MP, os comentários estão caracterizados na Lei nº 7.716/1989, que trata do crime de discriminação ou preconceito de procedência nacional.

 
Nessa terça (7) a Ordem dos Advogados do Brasil, secção Ceará (OAB-CE) também ingressou com uma representação no MPF-CE solicitando que seja aberta uma ação penal contra os internautas.

Palavras-chave: racismo crime de racismo facebook

Deixe o seu comentário. Participe!

noticias/mpf-investiga-denuncias-de-racismo-contra-nordestinos-apos-1o-turno

0 Comentários

Conheça os produtos da Jurid