• facebook-footer
  • twitter-footer
  • googleplus-footer
Segunda-feira, 12 de Novembro de 2018
ISSN 1980-4288

Homens se passavam por mulheres para obter salário-maternidade, diz PF

Fonte: G1

Comentários: (0)




Operação Balaiada, contra fraudes no INSS, acontece nesta quinta-feira no Maranhão. Pelo menos 14 pessoas foram presas e 23 mandados de busca devem ser cumpridos.

Pelo menos 14 pessoas foram presas em Caxias (MA), nesta quinta-feira (19), por suspeita de envolvimento em fraudes no INSS. A Polícia Federal informa que a quadrilha era chefiada por um servidor da Previdência.

Outros 14 aliciadores faziam parte do esquema. Uma pessoa ainda está sendo procurada. No total, os agentes devem cumprir, na Operação Balaiada , 15 mandados de prisão e 23 de busca e apreensão.

Segundo as investigações, que começaram em abril de 2007, os criminosos obtinham irregularmente benefícios como pensão, aposentadoria por idade e salário-maternidade.

A polícia diz que os envolvidos visitavam velórios de aposentados e pediam às famílias os cartões dos benefícios. Eles prometiam transformar a aposentadoria em pensão e continuavam sacando dinheiro e fazendo empréstimos consignados no nome dos falecidos.

Além de receber benefícios de pessoas mortas, os integrantes do grupo criminoso também vendiam cartões de benefícios do INSS e falsificavam dados cadastrais, como idade, número do CPF e sexo. Entre as irregularidades apontadas pela PF está o cadastro de homens que se passavam por mulheres para receberem salário-maternidade.

Cento e trinta policiais do Maranhão , do Piauí, do Ceará e do Rio Grande do Norte participam da ação, além de funcionários do Ministério da Previdência Social.

Palavras-chave: salário-maternidade

URL Encurtada

Deixe o seu comentário. Participe!

noticias/homens-se-passavam-por-mulheres-para-obter-salario-maternidade-diz-pf

0 Comentários

Conheça os produtos da Jurid