• facebook-footer
  • twitter-footer
  • googleplus-footer
Quarta-feira, 17 de Outubro de 2018
ISSN 1980-4288

Homem é condenado a 20 anos de reclusão pelo crime de feminicídio

De acordo com o processo, o réu não aceitava o fim do relacionamento.

Fonte: TJSP

Comentários: (0)



Reprodução: pixabay.com

A Vara do Júri de São Bernardo do Campo condenou um homem acusado de matar a ex-mulher à pena de 20 anos de reclusão, em regime inicial fechado, sem direito ao recurso em liberdade. De acordo com a sentença, proferida pelo juiz Anderson Fabricio da Cruz, os jurados reconheceram que o crime foi praticado por motivo fútil, mediante meio cruel, com emprego de recurso que dificultou a defesa da vítima, na presença de descendente e contra mulher por razões da condição de sexo feminino (feminicídio).


De acordo com o processo, o réu não aceitava o fim do relacionamento. No dia do crime, procurou a ex-mulher e, após discutirem, golpeou-a com 14 facadas. O filho do casal tentou intervir, mas foi impedido pelo pai. Já ferida, a vítima caiu no chão da rua, momento em que o réu entrou em seu veículo e a atropelou por diversas vezes. A irmã do acusado tentou, ainda, socorrer a cunhada, mas também foi atropelada.


Cabe recurso da decisão.


Processo nº 0009872-40.2016.8.26.0564

Palavras-chave: Condenação Reclusão Regime Fechado Feminicídio Motivo Fútil Meio Cruel

URL Encurtada

Deixe o seu comentário. Participe!

noticias/homem-e-condenado-a-20-anos-de-reclusao-pelo-crime-de-feminicidio

0 Comentários

Conheça os produtos da Jurid