Conteúdo exclusivo para usuário cadastrados
Fonte: Raphael Fernando Pinheiro

Apadrinhamento afetivo: O afeto além dos muros da instituição

Surgem em todo o país os projetos de apadrinhamento afetivo, no qual o padrinho, um terceiro que não possui interesse em adotar, atua junto a criança e adolescente, tornando-se um referencial de vida

Resumo: No sistema nacional de adoção, o perfil das crianças buscadas pelos futuros pais é altamente seletivo, preferindo-se crianças do sexo feminino, brancas e de pouca idade. Desse modo, o número de crianças que vivem no abrigo até atingirem a idade adulta é alarmante. Tais indivíduos não tem nenhum contato afetivo além daqueles vivenciados nas instituições. Visando abrandar essa realidade, surgem em todo o país os projetos de apadrinhamento afetivo, no qual o padrinho, um terceiro que não ...

Palavras-chave: Adoção; Afeto; Apadrinhamento afetivo