O que você precisa saber sobre as devoluções de compras online?

Você já comprou algum produto e por algum motivo se arrependeu ou não gostou? Já precisou trocar por defeito ou problemas com o vendedor? Grande parte das pessoas, arrisco até dizer todo mundo, já deve ter tido problemas com alguma compra, é por isso que entender seus direitos como consumidor e da empresa vendedora é importante.

Fonte: Equipe do Soluções Industriais

Comentários: (0)



Reprodução: Pixabay.com

Você já comprou algum produto e por algum motivo se arrependeu ou não gostou? Já precisou trocar por defeito ou problemas com o vendedor? Grande parte das pessoas, arrisco até dizer todo mundo, já deve ter tido problemas com alguma compra, é por isso que entender seus direitos como consumidor e da empresa vendedora é importante.

É preciso que as empresas que realizam vendas nas lojas online, saibam suas responsabilidades também, seja qual for o item anunciado, um toldo articulado, aparelho eletrodoméstico ou qualquer outro item.

Devoluções de compras online: tudo o que você precisa saber

Certamente alguma vez você já deve ter comprado um produto pela internet e se arrependido quando ele foi entregue, certo? É a famosa foto ilustrativa que não condiz com o que é realmente enviado para o consumidor.

Já pensou comprar brindes corporativos para sua empresa, em grandes quantidades e quando chegarem sejam de formatos, tamanho, material ou até mesmo cores diferentes do que foi negociado com o vendedor? É por isso que existem as leis do consumidor.

Mas também pode acontecer por descuido não ler o descritivo do anúncio e acabar comprando algo diferente do esperado, então entender quais são as regras para devoluções de compra online é importante.

De acordo com o código de defesa do consumidor, as devoluções são obrigatórias quando o item adquirido apresenta defeitos ou vícios. Isso serve também para os produtos que são vendidos diferentes do que está apresentando em seu anúncio de venda.

Mas é preciso se atentar aos prazos, pois a pessoa tem até 30 dias para realizar reclamações se o produto ou serviço não for durável e 90 para os que são duráveis. A empresa que fez a venda, pode mandar este item para conserto e tem o prazo de 30 dias para sanar o problema.

Caso este prazo passe, o consumidor pode exigir a substituição deste produto por um similar que esteja em boas condições ou receber o seu dinheiro de volta, o valor pago pelo item. Se preferir, pode fazer um abatimento do valor se escolher ficar com a mercadoria.

E para os produtos que não apresentam defeitos. Tenho direito de devolução?

Se você se arrependeu de comprar algo pela internet, por exemplo, entrou em um site e efetuou o pagamento para adquirir uma bobina de papel, mas quando recebeu identificou que não será mais necessário fazer o uso do produto, você também pode solicitar a devolução.

Essa situação se enquadra no “direito do arrependimento”. Para quem faz compras online isso é ótimo, porque às vezes uma compra feita pelo site pode gerar dúvidas diferente de ir a uma loja física e ver o produto e tocá-lo.

Mas qual o prazo para fazer a devolução caso me arrependa da compra? Exatos 7 dias. Esse prazo começa a valer a partir do momento em que é recebido o produto, ou seja, que ele é entregue.

Com isso, é feito todo um processo, avisar a loja online onde foi feita a compra e com isso, gerar a logística reversa, dando ao consumidor a possibilidade de fazer a devolução do item recebido.

É importante saber as regras e obrigatoriedades quando há a necessidade de realizar uma devolução de compra online.

Palavras-chave: Devoluções Compras Online Direitos Consumidor

Deixe o seu comentário. Participe!

blog/o-que-voce-precisa-saber-sobre-as-devolucoes-de-compras-online

0 Comentários

Conheça os produtos da Jurid