Como usar o marketing de conteúdo na advocacia

Confira 4 práticas simples para utilizar o marketing de conteúdo na advocacia.

Fonte: Beatriz Barros

Comentários: (0)



Reprodução: pixabay.com

Muito se tem falado sobre a importância do marketing de conteúdo nos dias atuais. Afinal, trata-se de uma estratégia que visa atrair e conquistar o consumidor de forma genuína, eliminando a necessidade de ‘’empurrar’’ produtos e serviços.


E isso não poderia ser diferente em escritórios de advocacia. Principalmente quando falamos de uma área que possui uma série de limitações voltadas à publicidade. Com isso, o marketing de conteúdo mostra-se um grande aliado do marketing jurídico.


Dessa forma, embora os advogados tenham um conjunto de restrições, eles ainda conseguem alcançar visibilidade no mundo digital por meio do marketing de conteúdo. Mas é necessário estruturar um bom planejamento antes de aplicar a estratégia.


Pensando nisso, preparamos uma lista com 4 passos fundamentais para aplicar o marketing de conteúdo na advocacia. Neste post, você verá que nunca foi tão fácil alcançar novas oportunidades de negócio. Continue lendo e confira!


1. Crie conteúdos para o mercado jurídico


Embora pareça uma dica simples, o primeiro passo é justamente esse: criar conteúdos para o mercado jurídico. Assim como em outros modelos de negócio, é fundamental produzir artigos que estejam voltados à sua área de atuação, como válvula reguladora de pressão.


Nesse sentido, é preciso que você, advogado, leve em conta quatro critérios antes de desenvolver conteúdos. São eles:


●     Para quem será dito?


●     Como será dito?


●     Quando será dito?


●     Onde será dito?


Antes de mais nada, responda a essas questões. Depois, você pode passar para o próximo passo, que consiste em um estudo de persona. Vamos falar mais a seguir!


2. Crie a persona do seu negócio


De nada adianta criar uma série de conteúdos se você não sabe o que o potencial cliente do seu negócio deseja consumir. Assim, é fundamental identificar a persona do seu escritório, bem como seus hábitos e comportamento.


Para isso, utiliza-se um conjunto de informações básicas sobre o potencial cliente do seu negócio. Esses dados podem abranger aspectos simples, como aqueles presentes na definição do público-alvo, que engloba o sexo, a classe social, idade, entre outros.


No entanto, a definição de persona leva em conta dados mais assertivos e práticos. Podemos mencionar os principais:


●     Com o que trabalham?


●     Quais são seus hobbies?


●     Quais são seus sonhos?


●     Quais são seus gostos?


●     Eles gostam de comprar ímã de neodímio, por exemplo?


3. Solucione um problema


Falando sobre a produção de conteúdos para o setor jurídico, é fundamental fazer uso de certas práticas. A primeira delas é criar conteúdos que solucionem um problema, ou seja, que realmente sejam úteis para o usuário.


Afinal, a maior parte dos leitores utilizam a internet para sanar uma dúvida ou mesmo para obter uma resposta. Além disso, priorize uma linguagem clara, objetiva e abandone o uso do ‘’juridiquês’’. Isso vale para qualquer nicho, como aluguel de betoneira.


4. Produza conteúdos com frequência


Por último, e não menos importante, é essencial manter a frequência de publicação. Afinal, você precisa aparecer no feed ou nos resultados de busca dos consumidores para ser visto e, principalmente, lembrado.


Sendo assim, estabeleça um calendário de publicação que conte com dias e horários estratégicos para publicar os conteúdos. Assim, além de transmitir credibilidade, você será a primeira opção do seu público.


Gostou do nosso post sobre como usar o marketing de conteúdo na advocacia? Então, compartilhe com os colegas de profissão e deixe o seu comentário!


Esse‌ ‌artigo‌ ‌foi‌ ‌escrito‌ ‌por‌ ‌Beatriz‌ ‌Barros,‌ ‌Criadora‌ ‌de‌ ‌Conteúdo‌ ‌do‌ ‌‌Soluções‌ ‌Industriais‌.‌


Conheça nossos softwares:


Auxilium Web (www.auxilium.com.br) - software jurídico para gestão de escritórios de advocacia.


Jurid Web (www.juridweb.com.br) - plataforma de pesquisa e atualização diária de conteúdo jurídico!


Biblioteca Digital GZ (http://gz.jurid.com.br/)

Palavras-chave: Marketing de Conteúdo Advocacia Práticas Simples Criação Conteúdo Jurídico

Deixe o seu comentário. Participe!

blog/como-usar-o-marketing-de-conteudo-na-advocacia

0 Comentários

Conheça os produtos da Jurid