• facebook-footer
  • twitter-footer
  • googleplus-footer
Terça-feira, 26 de Setembro de 2017
ISSN 1980-4288
Exclusivo para Assinantes
Fonte: TJDFT

Taxista é condenado por tentar matar colega com cacetada na cabeça

O crime não teria se consumado por circunstâncias alheias à vontade do réu, dado que terceiros teriam impedido a continuação das agressões. O crime teria se dado por motivo fútil, por causa de uma discussão sobre uma corrida de táxi que o acusado teria tomado da vítima.

Processo: 2010.01.1.004343-3Ação: AÇÃO PENALAutor: MINISTÉRIO PÚBLICORéu: C. A. D. L.SENTENÇAVistos, etc.C. A. d. L., qualificado nos autos, foi pronunciado como incurso na conduta prevista no art. 121, § 2º, II e IV, c.c. art. 14, II, ambos do Código Penal, por supostamente no dia 06 de outubro de 2009, por volta das 11h00min, no ponto de táxi próximo ao hotel 'Kubistchek Plaza', no Setor Hoteleiro Norte, com intenção de matar, ter desferido um golpe de segmento de madeira contra a cabeça da ...

Palavras-chave: CP CPP CE CF Tentativa de Homicídio Lesão Corporal Motivo Fútil