• facebook-footer
  • twitter-footer
  • googleplus-footer
Sábado, 23 de Setembro de 2017
ISSN 1980-4288
Exclusivo para Assinantes
Fonte: TJDFT

Júri condena advogado que matou com tiro de espingarda na Asa Norte

Ele foi condenado a 21 anos e 6 meses de reclusão.

Processo: 2015.01.1.051451-6Parte autora: MPDFTParte(s) ré(s): J. R. P. P.SENTENÇAPasso a proferir a sentença nos termos do art. 492, CPP:J. R. P. P. foi denunciado pelo MPDFT porque, no dia 10/04/2015, por volta de 14h30, na SCLRN 707, Bl. D, no interior da loja 33, denominada MULTISOM, Asa Norte, Brasília/DF, por meio de uma espingarda, cano cerrado e duplo, calibre 12, alvejou com um disparo a vítima M. J. D. S., o que ocasionou seu óbito.O crime teria sido cometido por motivo fútil, ...

Palavras-chave: CPP Homicídio Motivo Fútil Estatuto da Advocacia CP CF Súmula STJ