• facebook-footer
  • twitter-footer
  • googleplus-footer
Sexta-feira, 25 de Maio de 2018
ISSN 1980-4288
Conteúdo exclusivo para usuário cadastrados
Fonte: Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte

Estudante sofre constrangimento e é indenizado

Ação ordinária

O requerente em epígrafe, representado por sua genitora, ajuizou a presente contra o ente público acima nominado, visando obter indenização por danos morais, em razão de, em razão da denegação reiterada de autorização para ir ao banheiro pelo seu professorem escola da rede municipal, o autor teria defecado nas calças no interior da sala de aula, gerando-lhe constrangimentos morais de monta, quadro de angústia grave, levando-lhe a perder o ano letivo e ainda acompanhamento psicológico. Pediu ...

Palavras-chave: Indenização; Danos morais; Educação; Ensino público; Autorização; Professor