• facebook-footer
  • twitter-footer
  • googleplus-footer
Sábado, 25 de Novembro de 2017
ISSN 1980-4288
Exclusivo para Assinantes
Fonte: TJDFT

Companhia aérea é condenada por tratamento inadequado a passageira

Comandante teria puxão seu braço e retirado o aparelho celular de suas mãos com o emprego com força.

F.P.T. ingressou em juízo com ação de reparação de danos, sob o rito sumário, em desfavor de TAM LINHAS AÉREAS S/A, partes qualificadas no bojo dos autos. Afirma que adquiriu passagens aéreas para em 29 de dezembro de 2006 voar o trecho Brasília-Recife. Acrescenta que na data estipulada da viagem foi surpreendida com a informação de que seu vôo estava lotado (overbooking) e que teria que pegar outro avião para chegar ao seu destino.  Conta que embora seu vôo inicial fosse direto para Recife, a ...

Palavras-chave: TAM Danos Morais Tratamento Inadequado Consumidora Funcionário