• facebook-footer
  • twitter-footer
  • googleplus-footer
Domingo, 25 de Junho de 2017
ISSN 1980-4288

Policiais Militares acusados de matar três jovens em Itaquaquecetuba irão a júri popular

“As provas produzidas no curso do processo indicam o possível envolvimento dos réus nos crimes descritos na denúncia”, escreveu o juiz.

Fonte: TJSP

Comentários: (0)


Reprodução: pixabay.com

A 1ª Vara Criminal da Comarca de Itaquaquecetuba decidiu que seis policiais militares acusados de matar três jovens em dezembro de 2012 irão a júri popular. “As provas produzidas no curso do processo indicam o possível envolvimento dos réus nos crimes descritos na denúncia”, escreveu na sentença de pronúncia o juiz Marcos Augusto Barbosa dos Reis.


As vítimas desapareceram no dia 26 de dezembro de 2012. Câmeras de monitoramento do Terminal Rodoviário de Poá filmaram o momento em que os três, que ocupavam um carro roubado, foram abordados pelos PMs. Os acusados afirmam que apenas solicitaram documentos e que liberaram os rapazes, pois outra ocorrência de emergência impediu que realizassem pesquisa sobre a situação do veículo.


Depois disso os jovens não retornaram para casa. O corpo de um deles foi encontrado no dia 30 de dezembro e os outros dois no dia 3 de janeiro –  todos estavam amarrados, carbonizados e com sinais de tiros na cabeça.


"Além das provas orais colhidas no curso do processo existem, ainda, provas periciais elaboradas pelo Instituto de Criminalística que contrastam com os depoimentos dos réus e evidenciam a necessidade de análise do mérito da ação penal pelo juízo natural, ou seja, o Conselho de Sentença”, afirmou o magistrado. A data para o júri ainda não foi definida.


Processo nº 0001934-81.2013.8.26.0278

Palavras-chave: Policiais Militares Júri Popular Homicídio Provas Orais Provas Periciais

URL Encurtada

Deixe o seu comentário. Participe!

noticias/policiais-militares-acusados-de-matar-tres-jovens-em-itaquaquecetuba-irao-a-juri-popular

0 Comentários