• facebook-footer
  • twitter-footer
  • googleplus-footer
Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2018
ISSN 1980-4288

Mantida sentença que condenou serraria e funcionário a indenizarem família de motociclista

Vítima faleceu após acidente com trator da empresa.

Fonte: TJSP

Comentários: (0)


Reprodução: pixabay.com

A 33ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo manteve sentença, proferida pelo juiz Alexandre Rodrigues Ferreira, da 3ª Vara Cível de Santa Cruz do Rio Pardo, que condenou uma serraria e um funcionário a indenizar o filho e a esposa de motociclista que morreu após acidente com trator pertencente à empresa. Eles foram condenados a pagar, solidariamente, R$ 50 mil a títulos de danos morais a cada um dos autores, além de pensão mensal no valor de um salário mínimo, até o momento em que a vítima completaria 70 anos de idade.


Consta nos autos que o motociclista estava em uma rodovia da região quando atingiu a traseira do trator e foi arremessado e atropelado por veículo que vinha em sentido contrário. O funcionário que conduzia o trator não tinha habilitação e trafegava com o farol traseiro apagado.


Para o desembargador Eros Piceli, relator da apelação, os réus pretendiam o reconhecimento de culpa exclusiva da vítima, mas as provas trazidas aos autos não comprovaram o alegado. “Ficou evidente que o acidente não foi causado por culpa do condutor da motocicleta, mas por imprudência do condutor do trator, que seguiu em trecho de rodovia em horário com precárias condições de visibilidade com o farol traseiro apagado.”


O julgamento, unânime, contou com a participação dos desembargadores Sá Duarte e Luiz Eurico.


Apelação nº 0004514-77.2013.8.26.0539

Palavras-chave: Indenização Danos Morais Pensão Mensal Acidente Automobilístico Imprudência

URL Encurtada

Deixe o seu comentário. Participe!

noticias/mantida-sentenca-que-condenou-serraria-e-funcionario-a-indenizarem-familia-de-motociclista

0 Comentários