• facebook-footer
  • twitter-footer
  • googleplus-footer
Sábado, 25 de Novembro de 2017
ISSN 1980-4288

Ex-presidente Lula diz que só ele pode enfrentar ‘essa euforia da insanidade judicial’

Em jantar com petistas e correlegionários, ex-presidente dispara contra força-tarefa da Lava Jato, 'moleques que falam bobagem'.

Fonte: Estadão

Comentários: (2)


Ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Reprodução: fotospublicas.com

Réu da Lava Jato, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva investiu destemidamente contra a histórica Operação que lhe atribui corrupção e lavagem de dinheiro no esquema de propinas da Petrobrás. Durante jantar com petistas e correligionários, semana passada, o ex-presidente classificou os procuradores da força-tarefa do Ministério Público Federal de ‘moleques que falam bobagem’ e afirmou ser ele a pessoa que ‘pode resistir à essa euforia da insanidade judicial’.


A reunião foi filmada. E o vídeo corre nas redes sociais.


“É você ter em Curitiba (base da Lava Jato), sabe, um agrupamento especial de pessoas ungidas por Deus prá salvar o mundo”, disse Lula.


Referindo-se expressamente aos procuradores da República e aos delegados da Polícia Federal que fecham o cerco a ele, Lula jogou sobre os ombros de seus algozes a grave crise econômica do País. “Eles têm noção de quanto a Operação Lava Jato já causou de prejuízo na economia desse País?, ao PIB desse País? Eles têm noção de quanto desemprego (a Lava Jato) já causou?”


Outra vez, como já havia dito no grampo da PF em março, o petista atirou para todos os lados e Poderes. “Um Congresso desmoralizado, Suprema Corte, sabe, com problemas, o Superior Tribunal de Justiça com problemas, o Ministério Público então virou, sabe, um bando de ungidos que vão salvar a humanidade.”


“O que aqueles moleques falam de bobagem é muito grande”, disse.


Dirigiu-se a um dos procuradores da força-tarefa, Deltan Dallagnoll, que o acusou de ser o ‘comandante máximo da organização criminosa’ do esquema de propinas na Petrobrás.


“Ora, o cidadão tem a petulância de dizer: o Lula é chefe de uma organização criminosa que é o PT. Eu já abri processo contra o delegado (Filipe Pace, da Polícia Federal), já abri contra o Moro (juiz da Lava Jato), tô abrindo agora contra o Dallagnol e vou abrir contra todos.”


Lula ganhou aplausos da sua platéia.


“Preciso brigar com eles porque alguém tem que reagir. Alguém tem que reagir.”


“Com muita humildade se tem alguém que pode resistir à essa euforia da insanidade judicial sou eu. Estou disposto a fazer o que for necessário.”


Ao final, um recado a seus rivais. “E se isto é prá me prejudicar prá não ser candidato em 2018 você se prepare que eu posso ser candidato em 2018.”

Palavras-chave: Lula Operação Lava Jato Corrupção CPI da Petrobras Lavagem de Dinheiro Moro Dallagnoll

URL Encurtada

Deixe o seu comentário. Participe!

noticias/ex-presidente-lula-diz-que-so-ele-pode-enfrentar-essa-euforia-da-insanidade-judicial

2 Comentários

PAUNOLOMBO ENGENHEIRO06/12/2016 18:28 Responder

É obvio que a criatura mais honesta desse pais se ache o unico capaz de qualquer coisa. CADEIÃO para o LULADRÃO e para os PTRALHAS!

André Luiz Rosa Vianna advogado06/12/2016 23:13 Responder

A DESFAÇATEZ desse "sujeito" LULA com o Poder Judiciário e todas as suas Instituições (M.P., Magistratura, Tribunais, etc.) é tamanha que causa nojo. É uma petulância sem limites, ele goza com a cara do Judiciário e ninguém faz nada. Ele se arvora um DEUS ONIPOTENTE frente à Justiça, ou então, o que mais parece o óbvio, ENLOUQUECEU DE VEZ ... acho que nem caberá cadeia para ele, vai ser no MANICÔMIO JUDICIÁRIO MESMO ...

roubrdario diniz valerio advogado 09/12/2016 22:29

O Caro Colega acredita que o MP e a Magistratura é composta de anjos. Essa Operação Lava-jato é como para matar uma cobra botássemos fogo em toda a mata. A relação custo-benefício é simplesmente desastrosa. Segundo o jornal "petista" o globo o prejuízo gerado pela lava-jato com paralisação de obras, compras antes feita no Brasil e atualmente feitas no exterior já chega a 55 bilhões de dólares. Ou seja o mal é maior que o bem que se deseja produzir. esse juiz e estes promotores estão passando informações a governos estrangeiro (leia EUA) para que ele processe empresas brasileiras. O nome disto é traição. A justiça dos EUA e de nenhum país não faz isto.