• facebook-footer
  • twitter-footer
  • googleplus-footer
Sábado, 25 de Novembro de 2017
ISSN 1980-4288

Conselho do Ministério Público pode votar resolução que afetaria a Operação Lava Jato

Resolução limita quantidade de procuradores que uma unidade do MP pode ceder a um grupo de investigação.

Fonte: G1

Comentários: (0)


Reprodução: fotospublicas.com

O Conselho Superior do Ministério Público (CSMP) deve votar nesta segunda-feira (24) uma resolução que, se aprovada, pode prejudicar os trabalhos da Operação Lava Jato. Isso porque a proposta limita o número de procuradores que uma unidade do Ministério Público pode ceder para uma investigação de outra unidade. A Lava Jato hoje conta com especialistas do Ministério Público de todo o país.


A resolução fixaria em 10% a quantidade de procuradores que uma unidade do MP poderia ceder. A medida foi criticada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, na abertura da sessão do CSMP nesta segunda. Janot disse que não foi consultado sobre a resolução e afirmou que o texto prejudicaria, sim, a Lava Jato.


Hoje, a coordenação dos trabalhos da Lava Jato pode solicitar quantos procuradores quiser para fazer parte da força-tarefa das investigações. Janot alegou que a operação necessita de especialistas e que as investigações precisam de mão-de-obra qualificada.


A resolução já tem cinco votos favoráveis dentro do CSMP, de conselheiros que se manifestaram em sessões anteriores. O total de conselheiros que votam é 10. A sessão desta segunda começou com o voto da sexta conselheira.

Palavras-chave: Operação Lava Jato Ministério Público Votação Resolução Limitação Procuradores

URL Encurtada

Deixe o seu comentário. Participe!

noticias/conselho-do-ministerio-publico-pode-votar-resolucao-que-afetaria-a-operacao-lava-jato

0 Comentários