• facebook-footer
  • twitter-footer
  • googleplus-footer
Segunda-feira, 25 de Setembro de 2017
ISSN 1980-4288

Comissão de Constituição e Justiça aprova sustentação oral de advogado em pedido de liminar

A proposta tramita em caráter conclusivo e deve seguir para análise do Senado.

Fonte: Agência Câmara

Comentários: (0)


Reprodução: pixabay.com

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania aprovou, nesta terça-feira (11), proposta que garante ao advogado o direito à sustentação oral, quando pedidos liminares são levados à análise do plenário de um tribunal, que se transforma em órgão colegiado.


A proposta (PL 5086/16) é do deputado Carlos Manato (SD-ES), que deu como exemplo mandados de segurança que são levados ao plenário do Supremo Tribunal Federal, quando o relator acredita que mesmo a liminar tem grande importância ou repercussão. "A proposta apenas garante aos advogados o direito de sustentação oral nessas hipóteses, direito que já existe nos julgamentos", disse.


Direito assegurado


O relator da proposta, deputado Delegado Edson Moreira (PR-MG), destacou que ela é "salutar" para o ordenamento jurídico brasileiro. "Fica assim assegurado ao advogado o direito a apresentar sustentação oral tanto na sessão do julgamento do mérito quanto na sessão da apreciação do pedido liminar em órgão colegiado", observou.


A proposta tramita em caráter conclusivo e deve seguir para análise do Senado.


ÍNTEGRA DA PROPOSTA:


PL-5086/2016

Palavras-chave: CCJ PL Direito Sustentação Oral Advogado Pedido Liminar

URL Encurtada

Deixe o seu comentário. Participe!

noticias/comissao-de-constituicao-e-justica-aprova-sustentacao-oral-de-advogado-em-pedido-de-liminar

0 Comentários