• facebook-footer
  • twitter-footer
  • googleplus-footer
Terça-feira, 21 de Novembro de 2017
ISSN 1980-4288

Acusado de roubar automóvel cumprirá pena de mais de 6 anos de reclusão em regime aberto

Juíza fixou regime em razão da situação do réu.

Fonte: TJSP

Comentários: (0)


Reprodução: pixabay.com

A juíza Tatiana Vieira Guerra, da 32ª Vara Criminal da Capital, condenou acusado de roubo à pena de seis anos, dois meses e vinte dias de reclusão, e ao pagamento de 13 dias-multa, no valor unitário mínimo.


De acordo com a denúncia, o réu e um comparsa roubaram um veículo, onde estavam um casal e o filho de dez anos. Após perseguição e troca de tiros com policiais, o acusado foi atingido na coluna cervical e ficou paraplégico, enquanto o outro assaltante morreu em razão dos ferimentos.


Ao julgar o pedido, a magistrada negou requerimento da defesa, que, em razão do quadro clínico do réu, pleiteou o perdão judicial ou aplicação do instituto da “bagatela imprópria” em seu benefício. “Embora sejam inaplicáveis tanto o instituto do perdão judicial, quanto o princípio bagatelar impróprio, na forma acima argumentada, caso é de se reconhecer a incompatibilidade do estado de saúde do réu com o encarceramento, seja no regime fechado, seja no regime semiaberto”, afirmou. Em razão disso, ela fixou o regime inicial aberto para o cumprimento da pena.

Palavras-chave: Roubo Automóvel Condenação Reclusão Regime Aberto

URL Encurtada

Deixe o seu comentário. Participe!

noticias/acusado-de-roubar-automovel-cumprira-pena-de-mais-de-6-anos-de-reclusao-em-regime-aberto

0 Comentários