• facebook-footer
  • twitter-footer
  • googleplus-footer
Terça-feira, 26 de Setembro de 2017
ISSN 1980-4288
Exclusivo para Assinantes
Fonte: Fernanda da Rosa Cristino

O Sujeito Imigrante na Sociedade em Rede: Desafios

Este estudo constitui uma contribuição para o enfrentamento da complexidade que envolve a construção do sujeito imigrante econômico internacional na sociedade em rede. A discussão se fundamenta nas percepções de globalização, sociedade e identidade defendidas pelos autores da Pós-Modernidade, Manuel Castells e Stuart Hall associadas à compreensão do contexto que compõe a imigração econômica internacional, com ênfase na obra de Giuliana Redin. As tendências conflitantes da globalização geram vários paradoxos ou contradições, como o fato da revolução tecnológica facilitar e a crise global motivar os deslocamentos, enquanto os interesses econômicos dos países desenvolvidos os restringem rigorosamente, ainda que incluam o tema na pauta de debates de suas políticas migratórias. O sistema dominante constrói o imigrante econômico no espaço de fluxos, ignorando as múltiplas possibilidades de recriação deste no mesmo suporte. Com isso, pessoas são desprovidas de direito, vagando ou sobrevivendo nesse espaço, muitas vezes em situação de escravidão. Desenvolvendo uma abordagem monográfica que se apropria de considerações resultantes de análise bibliográfica relacionada ao tema, pretende-se explicitar as contradições inerentes e com isso estimular a perpetuação do debate, sua consequente ampliação de perspectivas.

IntroduçãoVislumbra-se um horizonte de transformações resultante da interação das tendências desencadeadas pela globalização na totalidade das áreas do conhecimento, nas estruturas institucionais, na convivência dos indivíduos. A tecnologia sofreu um impulso imensurável, sendo considerada, para muitos, determinante do poder. Para além da praticidade do cotidiano, sua contribuição para a evolução dos meios de comunicação originou novas categorias de tempo e espaço, um domínio virtual cuja ...

Palavras-chave: Globalização Sociedade em Rede Imigração Identidade Social